DIAGNÓSTICO AMBIENTAL DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIBEIRÃO PEDERNEIRAS, PEDERNEIRAS/SP

  • Yara Manfrin Garcia Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatu
  • Aline Kuramoto Gonçalves Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatu
  • Felipe de Souza Nogueira Tagliarini Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatu
  • Sergio Campos Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatu
  • Anselmo José Spadotto UNINOVE Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatu

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo realizar o diagnóstico ambiental do meio físico da bacia hidrográfica do ribeirão Pederneiras, localizada nos municípios de Agudos e Pederneiras, no estado de São Paulo. Os procedimentos metodológicos foram baseados na estruturação de um banco de dados digital em ambiente de Sistema de Informação Geográfica visando à elaboração, atualização, interação e confecção dos mapas. A bacia hidrográfica do ribeirão Pederneiras possui uma área de 14918,28 ha e perímetro de 67,46 km, sendo considerada de 4ª ordem e baixa declividade. Com base nos resultados pode-se afirmar que a área é praticamente agrícola, dentre as doze classes de uso e ocupação do solo, a cana-de-açúcar é a cultura predominante com 6286,22 ha, seguido pelo reflorestamento com 5605,56 ha e, mesmo assim, merece destaque a área urbana que é de 1117,67 ha. Quanto as Áreas de Preservação Permanente, estas vêm sendo ocupadas inadequadamente e tem causado diversos problemas ambientais como, por exemplo, enchentes, assoreamentos e poluição dos cursos d’água, impermeabilização do solo, entre outros. Desta forma, com base nos resultados expostos, conclui-se a necessidade de medidas minimizadoras de problemas ambientais para a área urbana e rural e que tenham como base planos de ações e de controle desenvolvidos para nortear a aplicabilidade e fiscalização nessas áreas. Pretende-se que esse diagnóstico ambiental possa subsidiar o planejamento desta bacia hidrográfica pelo poder público e órgãos gestores.

Publicado
2018-07-13
Seção
Planejamento e Desenvolvimento Rural Sustentável