ANÁLISE ENERGÉTICA DA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE LEITE BOVINO PELA AGRICULTURA FAMILIAR NO MUNICÍPIO DE TORRE DE PEDRA/SP

Marísia Cristina da Silva, Osmar de Carvalho Bueno

Resumo


Os sistemas familiares de produção proporcionam melhor gestão dos recursos naturais locais, além de favorecerem uma melhor composição da dimensão econômica do ambiente na perspectiva de sustentabilidade. O município de Torre de Pedra/SP, que compõe a Área de Proteção Ambiental Corumbataí-Botucatu-Tejupá, Perímetro Botucatu, de tradicional vocação na produção de leite bovino, apresenta problemas de cunho ambiental e socioeconômico. O presente trabalho teve por objetivo identificar e analisar energeticamente os sistemas de produção de leite bovino em propriedades que compõem a Associação de Produtores Familiares no município de Torre de Pedra/SP. Foram realizadas visitas técnicas para coleta de dados quantitativos e qualitativos. Os dados foram adquiridos por intermédio da aplicação de questionários semi-estruturados, juntamente a produtores de leite do município, capazes de estabelecer condições detalhadas de análise dos sistemas de produção encontrados. Assim, foram apontados possíveis gargalos quanto à dependência externa de fontes não renováveis de energia, tomando por base os anos de 2011 e 2012. Foram identificados dois sistemas de produção de leite entre os associados, denominados sistema de produção 1 e sistema de produção 2. Verificou-se alta participação de energia direta de fonte biológica no sistema de produção 2 com 68,97% devido ao uso intenso do farelo de soja. O sistema de produção 1 apresentou certo equilíbrio para a entrada de energia direta e indireta com 49,50% e 50,50% respectivamente. O sistema de produção 1 apresentou valor inferior para o balanço energético quando comparado com o sistema de produção 2 com valores de 4.985,46 MJ.ha-1 e 7.115,82 MJ.ha-1, respectivamente. Com relação a eficiência energética que demonstra a dependência de fonte não-renovável de energia, no sistema de produção 2 a dependência não foi observada já que não houve entrada de energia não-renovável, ao passo que o sistema de produção 1 apresentou índice de 2,19 MJ.ha-1. Energeticamente, o sistema de produção 2, apresentou-se sustentável, pois a energia aplicada para a produção de leite é inferior à energia produzida, além da não utilização de fonte fóssil de energia.

PALAVRAS-CHAVE: balanço energético, agricultura familiar, APA perímetro Botucatu, bovinocultura de leite, sustentabilidade.

 

ENERGETIC ANALYSIS OF SUSTAINABLE PRODUCTION OF DAIRY CATTLE BY THE FAMILY AGRICULTURE IN THE TORRE DE PEDRA/SP.

ABSTRACT: The family systems of production provides better management of local natural resources besides favoring, from a sustainability perspective, a better economic organization of the environment. The town of Torre de Pedra / SP, comprises the Environmental Protection Area Corumbataí-Botucatu-Tejupa, Botucatu Perimeter, which has a traditional vocation for dairy farm production, presents problems of environmental and socioeconomic aspect. This study aims to identify and analyze, with regard to energy, the production systems from bovine milk in family farms from Producers Association in Torre de Pedra/SP. There were performed technical visits in order to collect quantitative and qualitative data through the application of semi-structured questionnaires, together with the dairy farmers of the county. These information helped to establish detailed conditions for the analysis of production systems to be studied. Thus, potential drawbacks related to the external dependence on non-renewable energy sources were identified based on the years 2011 and 2012. Were identified two milk production systems between family farms members, called production system 1 and system 2 production. There was a higher share of the direct biological source of energy on production system 2 with 68.97% due to heavy usage of soybean meal. Production system 1 showed right balance for the entry of direct and indirect energy with 49,50% and 50,50% respectively. Moreover, production system 1 presented lower value for energy balance compared to production system 2 with values 4.985.46 MJ.ha-1 and 7.115.82 MJ.ha-1 respectively. Considering the energetic aspects it is observed that production system 2 has become more sustainable, since the energy input for milk production is lower than the energy produced output energy besides not using fossil energy source.

KEYWORDS: energy balance, family farming, APA perimeter Botucatu, dairy farm system, sustainability.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17224/EnergAgric.2016v31n2p192-199