CULTIVO DA SOJA EM SISTEMAS DE SEMEADURA EM LINHAS CRUZADAS E CONVENCIONAL

André Ricardo Rodrigues, Magno Luiz de Abreu, Everton dos Santos de Oliveira

Resumo


A importância da soja para o agronegócio brasileiro é bastante expressiva, por este motivo existe um número significativo de pesquisas associadas às melhorias de produtividade desta cultura, neste sentido o presente trabalho buscou avaliar o desenvolvimento da soja quanto as suas características de produtividade em sistema de semeadura cruzada. O experimento foi implantado no campo experimental do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso, Campus Campo Novo do Parecis em Latossolo Vermelho Distroférrico típico muito argiloso (68% de argila), com a cultivar TMG 132. O delineamento experimental foi de blocos casualizados em esquema fatorial 2X5, totalizando 10 tratamentos com 3 repetições cada, sendo que o primeiro fator corresponde aos dois sistemas de cultivo (semeadura cruzada e convencional) e, o segundo fator as 5 densidades populacionais (222000 plantas ha-1; 288000 plantas ha-1; 333000 plantas ha-1; 399000 plantas ha-1; 444444 plantas ha-1). Cada parcela foi constituída de 9 linhas de 4 metros, espaçadas em 0,45 metros. Para a área útil da parcela foi utilizado 5 linhas centrais por 2 metros de comprimento. Na área útil das parcelas foram avaliados produtividade, massa seca e os componentes de produção, a adubação foi depositada na linha de semeadura. Não se constatou diferença significativa na produtividade, número de grãos por vagem e na massa de mil grãos tanto nos diferentes sistemas quanto nas populações, como o sistema de semeadura cruzada necessita de maior quantidade de passadas de semeadora na área se constatou uma prática não viável.

PALAVRAS-CHAVE: Densidade populacional, arranjo espacial, sistemas de plantio, Glycine max L.

 

SOYBEAN CULTIVATION IN CROSS-SECTIONAL AND CONVENTIONAL SYSTEMS

ABSTRACT: The importance of soy for Brazilian agribusiness is very expressive, for this reason there is a significant number of research associated with productivity improvements in this culture, in this sense, the present study sought to evaluate the development of soy as the productivity characteristics in seeding system crossed. The experiment was deployed in the experimental field of the Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso, Campus Campo Novo do Parecis in Latossolo Vermelho Distroférrico típico very argillaceous (68% of argil), It was used the cultivar TMG 132. Experimental design was a randomized block in factorial 2X5, totalling 10 treatments with
3 repetitions each, where the first factor corresponds to the two cropping systems (conventional and cross-seeding) and the second factor with 5 population density (222000 plants ha-1; 288000 plants ha-1; 333000 plants ha-1; 399000plants ha-1; 444444 plants ha-1). Productivity cross-seeding system. Each plot consisted of  9 lines of 4 meters, spaced at 0,45 meters, at the useful area of the central portion 5 by 2 meters long lines was used. In the usable area of the plots were evaluated productivity, dry matter and production components, fertilization was deposited in plant line. It did not find significant difference in productivity, number of grains per pods, and in thousand grains weight both in different systems and in populations, such as the system of cross-seeding needs greater quantity of operations in the planting it was not stated a viable practice.

KEYWORDS: Population density, spatial arrangement, planting systems, Glycine max L.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17224/EnergAgric.2017v32n1p17-23