POROSIDADE DE AERAÇÃO E PRODUTIVIDADE DO CAFEEIRO IRRIGADO EM LATOSSOLO VERMELHO EUTROFÉRRICO

Autores

  • Jorge Luiz Moretti de Souza
  • Stefanie Lais Kreutz Rosa Universidade Federal do Paraná
  • Adão Wagner Pêgo Evangelista
  • Bruno César Gurski

DOI:

https://doi.org/10.15809/irriga.2021v26n4p758-773

Resumo

POROSIDADE DE AERAÇÃO E PRODUTIVIDADE DO CAFEEIRO IRRIGADO EM LATOSSOLO VERMELHO EUTROFÉRRICO

 

 

JORGE LUIZ MORETTI DE SOUZA1; STEFANIE LAIS KREUTZ ROSA2; ADÃO WAGNER PÊGO EVANGELISTA3 E BRUNO CÉSAR GURSKI4

 

1 Departamento de Solos e Engenharia Agrícola, Universidade Federal do Paraná, Rua dos Funcionários, 1540, Bairro Cabral, CEP 80.035-050, Curitiba, Paraná, Brasil. jmoretti@ufpr.br

2 Departamento de Solos e Engenharia Agrícola, Universidade Federal do Paraná, Rua dos Funcionários, 1540, Bairro Cabral, CEP 80.035-050, Curitiba, Paraná, Brasil. skreutzrosa@gmail.com

3 Departamento de Engenharia de Biossistemas, Universidade Federal de Goiás, Campus Samambaia, Avenida Esperança s/n, Caixa postal 131, CEP 74.690-900, Goiânia, Goiás, Brasil. awpego@bol.com.br

4 Departamento de Solos e Engenharia Agrícola, Universidade Federal do Paraná, Rua dos Funcionários, 1540, Bairro Cabral, CEP 80.035-050, Curitiba, Paraná, Brasil. brunocep@gmail.com

 

 

1 RESUMO

 

A porosidade de aeração (b) do solo está diretamente relacionada com o desenvolvimento e produtividade das plantas. Portanto, o objetivo deste estudo foi avaliar como a porosidade de aeração (b) horária afeta a produtividade do cafeeiro irrigado em Latossolo cultivado na região de Lavras, sudeste do Brasil, e determinar sua faixa ideal. O experimento foi conduzido com a cultivar Rubi MG-1192, com espaçamento 3,5 x 0,8 metros, em blocos casualizados com seis tratamentos e três repetições. Os tratamentos consistiram na aplicação de porcentagens da lâmina bruta de irrigação necessária (Li), sendo: não irrigado e 60, 80, 100, 120 e 140% da Li. O potencial matricial do solo (ym) em cada tratamento foi medido com sensores, realizando leituras horárias em três profundidades (0,25; 0,50 e 0,75 m). As lâminas crescentes de irrigação proporcionam redução linear da porosidade de aeração média do solo cultivado com café. O tratamento com T100 mostrou um aumento significativo da produtividade e, a partir desse valor a lâmina bruta da irrigação mostrou tendência a reduzir a produtividade do café e porosidade do solo. A faixa ideal de β entre 0,152 e 0,163 m3 m-3 proporcionou condições adequadas de aeração e maiores produtividades para o cafeeiro.

 

Palavras-chave: agricultura irrigada, produção, atributos do solo.

 

 

SOUZA, J. L. M.; ROSA, S. L. K.; EVANGELISTA, A. W. P.; GURSKI, B. C.

AIR-FILLED POROSITY AND YIELD OF IRRIGATED COFFEE IN A EUTROPHIC RED OXISOL

 

 

2 ABSTRACT

 

Soil air-filled porosity (β) is directly related to the plant development and yield. Thus, this study aimed to evaluate how hourly aeration porosity (β) affects the productivity of irrigated coffee cultivated in an Oxisol in the region of Lavras, southeastern Brazil, to determine its ideal range. The experiment was conducted with the Rubi MG-1192 cultivar, spaced at 3.5 x 0.8 meters, in randomized blocks with six treatments and three replicates. The treatments consisted of applying percentages of the gross irrigation depth required (Li), being non-irrigated, 60, 80, 100, 120, and 140% of Li. The soil matric potential (ym) in each treatment was measured using sensors, performing hourly readings at three depths (0.25, 0.50 and 0.75 m). The increase in gross irrigation depths provides a linear reduction of the average air-filled porosity in the soil cultivated with coffee. The T100 treatment showed a significant productivity increase, and from this value the gross irrigation depth showed a tendency to reduce coffee productivity and soil air-filled porosity. The ideal range of β between 0.152 and 0.163 m3 m-3 provided adequate aeration conditions and a higher yield for coffee.

 

Keywords: irrigated agriculture, productivity, soil properties.

Publicado

2021-12-22

Como Citar

SOUZA, J. L. M. de .; KREUTZ ROSA, S. L. K. .; EVANGELISTA, A. W. P. .; GURSKI, B. C. . POROSIDADE DE AERAÇÃO E PRODUTIVIDADE DO CAFEEIRO IRRIGADO EM LATOSSOLO VERMELHO EUTROFÉRRICO. IRRIGA, [S. l.], v. 26, n. 4, p. 758–773, 2021. DOI: 10.15809/irriga.2021v26n4p758-773. Disponível em: https://revistas.fca.unesp.br/index.php/irriga/article/view/4099. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos