DISTRIBUIÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO NO NOROESTE PAULISTA1

Autores

  • Daniela Araújo de Oliveira UNESP
  • Fernando Braz Tangerino Hernandez
  • Regiane de Carvalho Bispo
  • Antonio Heriberto de Castro Teixeira

DOI:

https://doi.org/10.15809/irriga.2021v26n3p584-604

Resumo

DISTRIBUIÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO NO NOROESTE PAULISTA1

 

 

DANIELA ARAÚJO DE OLIVEIRA2; FERNANDO BRAZ TANGERINO HERNANDEZ3; REGIANE DE CARVALHO BISPO4 E ANTONIO HERIBERTO DE CASTRO TEIXEIRA5

 

1 Parte da dissertação de mestrado do primeiro autor.

2 Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Irrigação e Drenagem, UNESP, Rua José Barbosa de Barros, 1780, 18610-034, Botucatu, São Paulo, Brasil. E-mail: da.oliveira@unesp.br

3 Professor Titular, Departamento de Fitossanidade, Engenharia Rural e Solos - DEFERS, UNESP, Avenida Brasil Sul, n° 56, Centro, 15385-000, Ilha Solteira, São Paulo, Brasil. E-mail: fernando.braz@unesp.br

4 Professora Doutora, Colegiado de Engenharia Agronômica, UNIVASF, Rodovia BR 407, 12 Lote 543, 56300-000, Petrolina, Pernambuco, Brasil. E-mail: regianecarvalhoks@gmail.com

5 Professor Externo, Departamento de Recursos Hídricos (PRORH), UFS, Av. Marechal Rondon, s/n, Jd. Rosa Elze, 49100-000, São Cristóvão, Sergipe, Brasil. E-mail: heribert@globomail.com

 

 

1 RESUMO

 

O sensoriamento remoto tornou-se uma importante ferramenta na agricultura, principalmente na obtenção de dados sobre variáveis climáticas, como o alcance de medidas de evapotranspiração. Dessa forma, o presente trabalho objetivou estimar a evapotranspiração em escala regional no Noroeste Paulista e sua distribuição temporal e espacial por meio da aplicação do algoritmo SAFER (Simple Algorithm for Evapotranspiration Retrieving) em imagens dos satélites Landsat 5 e Landsat 8 dos anos 2010, 2017 e 2018. O algoritmo SAFER mostrou-se eficaz para a estimativa de evapotranspiração em larga escala e esta metodologia pode ser aplicada em estudos futuros para monitoramento dos indicadores agrícolas e climatológicos da região. Os valores médios de evapotranspiração variaram entre 0,5 e 2,5 mm dia-1, sendo os maiores valores registrados nas áreas irrigadas. Regionalmente, as maiores médias foram obtidas no período de chuvas da região, com valores próximos a 2 mm dia-1.

 

Palavras-chave: sensoriamento remoto, SAFER, larga escala.

 

 

OLIVEIRA, D. A.; HERNANDEZ, F. B. T.; BISPO, R. C.; TEIXEIRA, A. H. C.

SPATIO-TEMPORAL DISTRIBUTION OF EVAPOTRANSPIRATION IN NORTHWESTERN SÃO PAULO STATE, BRAZIL

 

 

2 ABSTRACT

 

The remote sensing became an important tool in agriculture, mainly in obtaining data on weather variables, like the range of evapotranspiration averages. This way, this work aimed to estimate the evapotranspiration in a regional scale in the Paulista Northwest and it’s temporal and spatial distribution by using SAFER (Simple Algorithm for Evapotranspiration Retrieving) algorithm and images from the satellites Landsat 5 and Landsat 8 in 2010, 2017, and 2018. The SAFER algorithm showed effective for estimating evapotranspiration in large scale and this methodology can be applied in further studies to monitor agricultural and climatological indicators of the region. The medium values of evapotranspiration ranged from 0.5 and 2.5 mm day-1, being the highest values were recorded in the irrigated areas. Regionally, the highest averages were obtained in the rainy season of the region, with values close to 2 mm day-1.

 

Keywords: remote sensing, SAFER, large scale.

Publicado

2021-11-18

Como Citar

OLIVEIRA, D. A. de .; HERNANDEZ, F. B. T. .; BISPO, R. de C.; TEIXEIRA, A. H. de C. DISTRIBUIÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO NO NOROESTE PAULISTA1. IRRIGA, [S. l.], v. 26, n. 3, p. 584–604, 2021. DOI: 10.15809/irriga.2021v26n3p584-604. Disponível em: https://revistas.fca.unesp.br/index.php/irriga/article/view/4453. Acesso em: 30 nov. 2022.