COMPONENTES DE PRODUÇÃO DE SOJA NO TABULEIRO COSTEIRO DE ALAGOAS EM CULTIVOS DE SEQUEIRO E IRRIGADO

Autores

  • WEMERSON SAULO DA SILVA BARBOSA Universidade Federal de Alagoas (UFAL)/ Doutorando https://orcid.org/0000-0002-4597-3215
  • GUILHERME BASTOS LYRA Universidade Federal de Alagoas (UFAL)/ Professor Doutor do Campus de Engenharias e Ciências Agrárias (CECA)
  • IVOMBERG DOURADO MAGALHÃES Universidade Federal de Alagoas (UFAL)/ Doutor - Campus de Engenharias e Ciências Agrárias (CECA)
  • RICARDO ARAÚJO FERREIRA JÚNIOR Universidade Federal de Alagoas (UFAL)/ Professor Doutor do Campus de Engenharias e Ciências Agrárias (CECA)
  • IÊDO TEODORO Universidade Federal de Alagoas (UFAL)/ Professor Doutor do Campus de Engenharias e Ciências Agrárias (CECA)
  • JOSÉ LEONALDO DE SOUZA Universidade Federal de Alagoas (UFAL)/ Professor Doutor do Campus de Engenharias e Ciências Agrárias (CECA)

DOI:

https://doi.org/10.15809/irriga.2021v26n4p906-923

Resumo

COMPONENTES DE PRODUÇÃO DE SOJA NO TABULEIRO COSTEIRO DE ALAGOAS EM CULTIVOS DE SEQUEIRO E IRRIGADO

 

 

WEMERSON SAULO DA SILVA BARBOSA1; GUILHERME BASTOS LYRA2; IVOMBERG DOURADO MAGALHÃES3; RICARDO ARAÚJO FERREIRA JÚNIOR2; IÊDO TEODORO2; JOSÉ LEONALDO DE SOUZA2

 

1Engenheiro Agrônomo, Doutor em Produção Vegetal- Professor substituto do curso de Agronomia da Universidade Federal do Oeste da Bahia - UFOB. Campus de Barra. Avenida 23 de Agosto, S/N, Assunção, Barra - BA, CEP: 47100-000 Barra - Bahia. E-mail: agrowssb@gmail.com

2Professor Doutor do curso Agronomia da Universidade Federal de Alagoas –UFAL- Campus de Engenharias e Ciências Agrárias– BR-104, Km 85, S/N, CEP: 57100-000- Rio Largo - Alagoas. E-mail: gbastoslyra@gmail.com, ricardo_ceca@hotmail.com, iedoteodoro@gmail.com, leonaldojs@yahoo.com.br

3Doutor em Produção Vegetal- Universidade Federal de Alagoas –UFAL- Campus de Engenharias e Ciências Agrárias– BR-104, Km 85, S/N, CEP: 57100-000- Rio Largo - Alagoas. E-mail: ivomberg31@hotmail.com

 

 

1 RESUMO

 

Objetivou-se comparar os componentes de produção de cultivares de soja sob irrigação suplementar e em sequeiro. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com cinco repetições e seis cultivares de soja (M 6210, M 6410, BMX-Potência, AS 3730, M 8349 e BRS-9383). Foram analisadas:  altura de inserção da primeira vagem (AIPV, cm), número de vagens por planta (NVP, Unid.), massa de mil grãos (MMG, g), índice de colheita (IC), produtividade de água (PA, kg m-3) e rendimento de grãos (RG, kg ha-1). Nos cultivos irrigados, os componentes de produção variaram: AIPV de 13 a 19 cm; NVP de 43 a 118 Unid.; MMG de 147 a 207 g; IC de 17 a 45; PA de 0,80 a 1,28 kg m-3 e RG de 3.871 a 6.198 kg ha-1. Enquanto em sequeiro, a AIPV variou de 5,85 a 16,80 cm; o NVP de 28 a 72 Unid.; a MMG de 83 a 176 g; a PA de 0,55 a 0,86 kg m-3 e o RG de 2.328 a 3.600 kg ha-1. Somente o IC foi maior nos cultivos em sequeiro, variando de 16,80 a 52. Verifica-se, portanto, que o desempenho dessas seis cultivares de soja foi maior sob regime de irrigação.

 

Palavras-chave: genótipos, grãos, Glycine max., irrigação.

 

 

BARBOSA, W. S. S.; LYRA, G. B.; MAGALHÃES, I. D.; FERREIRA JÚNIOR, R. A.; TEODORO, I.; SOUZA, J. L.

PRODUCTION COMPONENTS OF SOYBEAN IN THE COASTAL TABLELANDS OF ALAGOAS IN RAINFED AND IRRIGATED CROPS

 

 

2 ABSTRACT

 

The objective was to compare the production components of soybean cultivars under supplemental irrigation and rainfed conditions. The experimental design was randomized blocks with five replications and six soybean cultivars (M 6210, M 6410, BMX-Potência, AS 3730, M 8349, and BRS-9383). The height of the first pod insertion (HFPI, cm), number of pods per plant (NPP, Units), thousand grain mass (TGM, g), harvest index (HI), water productivity (WP, kg m-3), and grain yield (GY, kg ha-1) were analyzed. In irrigated crops, the production components varied HFPI from 13 to 19 cm; NPP from 43 to 118 units; TGM from 147 to 207 g; HI from 17 to 45; WP from 0.80 to 1.28 kg m-3, and GY from 3,871 to 6,198 kg ha-1. While in rainfed conditions, the HFPI ranged from 5.85 to 16.80 cm; NPP from 28 to 72 units; TGM from 83 to 176 g; WP from 0.55 to 0.86 kg m-3, and GY from 2,328 to 3,600 kg ha-1. Only the HI was higher in rainfed crops, ranging from 16.80 to 52. It can be seen; therefore, that the performance of these six soybean cultivars was higher under irrigation.

 

Keywords: genotypes, grains, Glycine max., irrigation.

Publicado

2021-12-22

Como Citar

BARBOSA, W. S. D. S.; LYRA, G. B. .; MAGALHÃES, I. D. .; FERREIRA JÚNIOR , R. A. .; TEODORO, I. .; SOUZA, J. L. D. . COMPONENTES DE PRODUÇÃO DE SOJA NO TABULEIRO COSTEIRO DE ALAGOAS EM CULTIVOS DE SEQUEIRO E IRRIGADO. IRRIGA, [S. l.], v. 26, n. 4, p. 906–923, 2021. DOI: 10.15809/irriga.2021v26n4p906-923. Disponível em: https://revistas.fca.unesp.br/index.php/irriga/article/view/4435. Acesso em: 6 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos