DEFICIÊNCIA HÍDRICA VIA BALANÇO HÍDRICO EM DIFERENTES ÉPOCAS DE CULTIVO DA SOJA NA REGIÃO DE UBERLÂNDIA-MG

Autores

  • Gabriel Ferreira Barcelos Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM) - Campus Uberlândia
  • Júlio Cesar Neves dos Santos Instituto Federal do Triângulo Mineiro, CAMPUS UBERLÂNDIA
  • Cleene Agostinho de Lima Centro Universitário do Triângulo- UNITRI
  • Henrique Gualberto Vilela Penha Instituto Federal do Triangulo Mineiro-IFTM, Campus Uberlândia
  • Jacques Carvalho Ribeiro Filho Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.15809/irriga.2021v26n4p745-757

Resumo

DEFICIÊNCIA HÍDRICA VIA BALANÇO HÍDRICO EM DIFERENTES ÉPOCAS DE CULTIVO DA SOJA NA REGIÃO DE UBERLÂNDIA-MG

 

 

GABRIEL FERREIRA BARCELOS1; JÚLIO CÉSAR NEVES DOS SANTOS2; CLEENE AGOSTINHO DE LIMA3; HENRIQUE GUALBERTO VILELA PENHA2 E JACQUES CARVALHO RIBEIRO FILHO4

 

1 Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Universidade de São Paulo (ESALQ/USP), Avenida Pádua Dias, número 11, 13418-900 - Piracicaba – São Paulo, Brasil. gabriel.barcelos@usp.br.

2 Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM), Campus Uberlândia,

Faz. Sobradinho, S/N, CX POSTAL-592, 38400974 - Uberlândia, Minas Gerais – Brasil. juliosantos@iftm.edu.br; henriquegualberto@iftm.edu.br

3Centro Universitário do Triângulo (UNITRI), Avenida Nicomedes Alves dos Santos, S/N, Bairro Morada da Colina, 38411106 - Uberlândia, Minas Gerais, Brasil. cleenelima2@gmail.com

4 Departamento de Engenharia Agrícola, Universidade Federal Rural do Ceará (UFC), Av. Mister Hull s/n, Bairro Antônio Bezerra, 60455970 - Fortaleza, Ceará - Brasil. jacques.ribeiro021@gmail.com

 

 

1 RESUMO

 

Para que uma cultura alcance a sua capacidade máxima produtiva é necessária disponibilidade hídrica na zona radicular. Assim, o déficit hídrico é um dos fatores que mais limita o potencial desenvolvimento de uma lavoura. Nesse contexto, objetivou-se com esse estudo determinar a melhor época de cultivo da soja na região de Uberlândia-MG, levando em consideração uma série histórica de 40 anos (1980 a 2020) dados climáticos, através da análise dos déficits hídricos via balanço hídrico sequencial diário. Para os 40 anos agrícolas estudados calculou-se os balanços hídricos sequenciais diários, levando em consideração quatro diferentes datas de cultivo: 01 de novembro, 15 de novembro, 01 de dezembro e 15 de dezembro. Para cada data de cultivo analisaram-se os déficits hídricos ao longo de todo o ciclo da cultura, e em subperíodos fenológicos (S-V1/V2; V2-R1; R1-R5/R7; R7-R8). Para todas as datas de semeadura observaram-se deficiência hídrica em quase todos os subperíodos fenológicos da soja. Para a região de Uberlândia-MG as datas de plantio entre os dias 15 de novembro a 01 de dezembro apresentaram os menores déficits hídricos nas duas fases/subperíodos iniciais.

 

Keywords: balanço hídrico, evapotranspiração, demanda hídrica. 

 

 

BARCELOS, G. F.; SANTOS, J. C.; DE LIMA, C. A.; PENHA, H. G. V.; RIBEIRO FILHO, J. C.

WATER DEFICIENCY VIA WATER BALANCE IN DIFFERENT SOYBEAN GROWING TIMES IN THE UBERLÂNDIA-MG REGION

 

 

2 ABSTRACT

 

For a crop to reach its maximum productive capacity, water availability in the root zone is necessary. Thus, water deficit is a factor that most limits the potential development of a crop. In this context, this study aimed to determine the best time for soybean cultivation in the region of Uberlândia-MG, considering a historical series of 40 years (1980 to 2020) climatic data, through the analysis of water deficits via water balance daily sequential. For the 40 agricultural years studied, the daily sequential water balances were calculated, considering four different cropping dates: November 1st, November 15th, December 1st, and December 15th. For each cultivation date, water deficits were analyzed throughout the crop cycle, and in phenological sub-periods (S-V1/V2; V2-R1; R1-R5/R7; R7-R8). For all sowing dates, water deficit was observed in almost all soybean phenological sub-periods. For the region of Uberlândia-MG, the planting dates between November 15th and December 1st showed the lowest water deficits in the two initial phases/sub-periods.

 

Keywords: water balance, evapotranspiration, water demand.

Biografia do Autor

Gabriel Ferreira Barcelos, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM) - Campus Uberlândia

Possui curso técnico em Agropecuária pelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro IFTM Campus Uberlândia (2015). Atualmente é graduando em Engenharia Agronômica na mesma Instituição. Foi representante titular dos discentes no Conselho superior do IFTM- CONSUP no mandato 2016/2018. Foi Presidente da Cooperativa escola - COPESUDI do IFTM-Campus Uberlândia no mandato de 2016-2020. Membro efetivo da diretoria da empresa Júnior denominada Projeção. Foi bolsista do programa Santander Universidades em um Intercâmbio acadêmico na Espanha. Bolsista de iniciação cientifica (PIBIC) pelo CNPQ.

Júlio Cesar Neves dos Santos, Instituto Federal do Triângulo Mineiro, CAMPUS UBERLÂNDIA

Possui graduação em Tecnologia em Irrigação e Drenagem pelo Instituto Federal do Ceará, Campus Iguatu (2009), mestrado (2012) e doutorado (2015) em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal do Ceará. Atualmente é professor efetivo do Instituto Federal do Triângulo Mineiro, CAMPUS UBERLÂNDIA. Tem experiência na área de Engenharia Agrícola, com ênfase em Irrigação, Hidráulica, Agrometeorologia e Hidrologia. Líder do Grupo de Pesquisa em Engenharia de Água e Solo do Cerrado (GPASCE). Atuando principalmente nos seguintes temas: Demanda hídrica das principais culturas cultivadas no Cerrado; Agrometeorologia dos cultivos no Cerrado; hidrologia do Cerrado. Autor de centena de artigos publicados em anais e periódicos, com destaque em trabalhos publicados no Journal of Hydrology (Qualis A1) e Water Resources Management (Qualis A1). Revisor de periódicos: Revista Caatinga (Qualis B1); Revista Ciência Agronômica (Qualis B1); Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental (Agriambi) (Qualis B1); Revista Agro@mbiente (Qualis B3), Revista Conexões (Qualis B5) e Revista Brasileira de Agricultura Irrigada ? RBAI (Qualis B3).

Cleene Agostinho de Lima, Centro Universitário do Triângulo- UNITRI

Possui Doutorado em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) - Brasil com período sanduíche na Universidade de Coimbra (UC) - Coimbra, Portugal (2018) e Mestrado (2013) em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Graduação em Tecnologia em Irrigação e Drenagem pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Campus Iguatu (IFCE, 2011). Tem experiência nos seguintes temas: Hidrologia; Irrigação e drenagem; Agrometeorologia; Hidráulica, Desenho técnico, Erosão; Manejo de bacias hidrográficas; Práticas conservacionistas, Manejo e conservação de água e solo; Metodologia do trabalho científico; Recuperação de áreas degradadas; Monitoramento de indicadores de qualidade ambiental; Salinidade e qualidade de água; Mecanismos de pagamentos de serviços ambientais; Análises físico-químicas de água e solo e Orientação de trabalho de conclusão de curso em agronomia. Bem como, aptidão para ensinar disciplinas específicas as áreas afins: Agronomia, Engenharia Agrícola/ Ambiental/ Sanitária e Engenharia Civil.

Henrique Gualberto Vilela Penha, Instituto Federal do Triangulo Mineiro-IFTM, Campus Uberlândia

Engenheiro agrônomo formado pela Universidade Federal de Lavras (UFLA). Possui Mestrado e Doutorado em Ciência do Solo, pelo Departamento de Ciência do Solo da UFLA. Atualmente é professor do Instituto Federal do Triangulo Mineiro-IFTM, Campus Uberlândia. Atua em temas como: Fitotecnia, Fertilidade do solo, adsorção e dessorção, biofertilizantes, degradação e poluição do solo e coeficiente de distribuição de metais pesados.

Jacques Carvalho Ribeiro Filho, Universidade Federal do Ceará

Jacques Carvalho Ribeiro Filho, natural de Monsenhor Tabosa-CE, é Tecnólogo em Irrigação e Drenagem pelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará - Campus Iguatu. Possui mestrado em Manejo de Solo e Água pela Universidade Federal do Semi-Árido. Atualmente é discente do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, pela Universidade Federal do Ceará, tendo como área de concentração: Manejo de Bacias Hidrográficas no Semiárido.

Publicado

2021-12-22

Como Citar

BARCELOS, G. F. .; SANTOS, J. C. N. dos .; LIMA, C. A. de .; PENHA, H. G. V.; RIBEIRO FILHO, J. C. DEFICIÊNCIA HÍDRICA VIA BALANÇO HÍDRICO EM DIFERENTES ÉPOCAS DE CULTIVO DA SOJA NA REGIÃO DE UBERLÂNDIA-MG. IRRIGA, [S. l.], v. 26, n. 4, p. 745–757, 2021. DOI: 10.15809/irriga.2021v26n4p745-757. Disponível em: https://revistas.fca.unesp.br/index.php/irriga/article/view/4074. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos