BROTAÇÃO DE MANIVAS DE MANDIOCA NO SISTEMA DE PROPAGAÇÃO RÁPIDA SOB DIFERENTES NÍVEIS DE ADUBAÇÃO

Eduardo Domingues Siloto, Adalton Mazetti Fernandes

Resumo


O método de propagação rápida permite ampliar a taxa de multiplicação da mandioca, mas pouco se conhece sobre a influência da adubação na taxa de produção de brotos de diferentes cultivares de mandioca. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da adubação NPK sobre a capacidade de brotação de mini-manivas de duas cultivares de mandioca (IAC 13 e IAC 14) no sistema de propagação rápida. O experimento foi conduzido em câmara de propagação, no delineamento experimental de blocos ao acaso, no esquema fatorial 2x4, com 4 repetições. Os tratamentos foram representados por duas cultivares de mandioca (IAC 13 e IAC 14) e 4 doses do fertilizante N-P2O5-K2O (4-14-8) (0, 120, 240 e 480 g m-2). A cultivar IAC 13 apresentou maior produção de brotos no sistema de propagação rápida, com brotos mais vigorosos e com maior matéria seca (MS). A cultivar IAC 14 apresentou menor produção de brotos, mas suas mini-manivas tiveram elevadas produção de raízes. A adubação do substrato com doses entre 235 e 307 g m-2 do fertilizante NPK 4-14-8 aumentou em quase duas vezes a produção de brotos de ambas as cultivares. Na cultivar IAC 13 o aumento na MS dos brotos em resposta a adubação NPK foi maior que na outra cultivar.

 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17766/1808-981X.2016v12n1p15-25

Apontamentos

  • Não há apontamentos.