COEFICIENTE DUAL DE CULTIVO DO MILHO PIPOCA EM TANGARÁ DA SERRA – MT

  • Cleonir Andrade Faria Junior Universidade Estadual de Maringá - UEM
  • Rivanildo Dallacort Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Paulo Sérgio Lourenço de Freitas Universidade Estadual de Maringá - UEM
  • João Danilo Barbieri Universidade Estadual de Maringá - UEM
  • Roberto Rezende Universidade Estadual de Maringá - UEM
  • william Fenner Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT

Resumo

COEFICIENTE DUAL DE CULTIVO DO MILHO PIPOCA EM TANGARÁ DA SERRA – MT

 

 

CLEONIR ANDRADE FARIA JUNIOR1; RIVANILDO DALLACORT2; PAULO SERGIO LOURENÇO DE FREITAS3; JOÃO DANILO BARBIERI4; ROBERTO REZENDE5 E WILLIAM FENNER6

 

1Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Agronomia, Universidade Estadual De Maringá, Av. Colombo, nº 5790 – Zona 07, bloco j45, 2º piso, CEP - 87020-900, Maringá/PR/Brasil, cleonir.junior@hotmail.com

2Professor do Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Sistema de Produção Agrícola, Universidade do Estado de Mato Grosso, Rodovia MT  358, Km 07 (s/n) – Jardim Aeroporto, CEP: 78300-000, Tangará da Serra/MT/Brasil, rivanildo@unemat.br

3Professor no Programa de Pós-Graduação em Agronomia, Universidade Estadual De Maringá, Av. Colombo, nº 5790 – Zona 07, bloco j45, 2º piso, CEP - 87020-900, Maringá/PR/Brasil, pslfreitas@uem.br

4Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Agronomia, Universidade Estadual De Maringá, Av. Colombo, nº 5790 – Zona 07, bloco j45, 2º piso, CEP - 87020-900, Maringá/PR/Brasil, jd.barbieri@hotmail.com

5Professor no Programa de Pós-Graduação em Agronomia, Universidade Estadual De Maringá, Av. Colombo, nº 5790 – Zona 07, bloco j45, 2º piso, CEP - 87020-900, Maringá/PR/Brasil, rrezende@uem.br

6Doutor no programa de Pós-Graduação em Agricultura Tropical, Universidade Federal de Mato Grosso, Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367, Bairro Boa Esperança, CEP – 78060-900, Cuiabá/MT/Brasil. fennerwilliam@gmail.com

 

 

1      RESUMO

 

O objetivo deste trabalho foi determinar o coeficiente duplo da cultura do milho pipoca para o município de Tangará da Serra - MT, utilizando lisímetros de pesagem. O experimento no campus da Universidade do Estado de Mato Grosso- UNEMAT, sendo o solo classificado como Latossolo Vermelho distroférrico, com textura muito argilosa. A semeadura foi realizada no dia 02/05/2015, nos seis lisímetros de pesagem, previamente calibrados com coeficientes de determinação acima de 0,99, para a bordadura foi utilizada uma semeadora de plantio direto, com espaçamento entre linhas de 0,45 m, a colheita foi realizada manualmente no dia 16/08/2015. As irrigações foram realizadas conforme a evapotranspiração potencial calculada diariamente pelos lisímetros e irrigados quando necessário por sistema de aspersão composto de 6 aspersores, com coeficiente de uniformidade de distribuição de 86%. Durante o desenvolvimento da cultura foram medidos diariamente a variação de massa dos microlisímetros por meio de pesagem, determinando a evaporação de água no solo em todas as fases da cultura. Durante o ciclo da cultura a temperatura média foi de 24,5°C e um aporte hídrico total de 571,4 mm. Os valores médios de Kcb obtidos na fase inicial, pleno desenvolvimento e maturação, foram de 0,7, 1,10 e 0,3 respectivamente.

 

Palavras-Chave: evapotranspiração, Zea mays L. subsp. everta, lisímetro de pesagem.

 

 

FARIA JUNIOR, C. A.; DALLACORT, R.; FREITAS, P. S. L. DE; BARBIERI, J. D.; REZENDE, R.; FENNER, W.

DUAL CROP COEFFICIENT OF MAIZE CORN OF TANGARÁ DA SERRA – MT

 

 

2      ABSTRACT

 

The objective of this work was to determine the double coefficient of maize corn crop for the municipality of Tangará da Serra - MT, using weighing lysimeters. The experiment was conducted in State University of Mato Grosso – UNEMAT’s campus, and the soil was classified as dystroferric Red Latosol, with very clayey texture. Sowing was carried out on May 2, 2015, in the six weighing lysimeters, previously calibrated with determination coefficients above 0.99. For the border, a no-till seeding with row spacing of 0.45 m was used. Harvest was performed manually on 08/16/2015. Irrigations were performed according to the potential evapotranspiration calculated daily by the lysimeters and irrigated when necessary by a sprinkler system composed of 6 sprinklers, with distribution uniformity coefficient of 86%. During the development of the culture, mass variation of microlysimeters was measured daily by weighing, determining the evaporation of water in the soil in all phases of the culture. During the culture cycle the average temperature was 24.5 ° C and the total water supply was 571.4 mm. The average Kcb values obtained in the initial phase, full development and maturation phases were 0.7, 1.10 and 0.3 respectively.

 

Keywords: evapotranspiration, zea mays l. subsp. everta, weighing lysimeter.

Biografia do Autor

Cleonir Andrade Faria Junior, Universidade Estadual de Maringá - UEM
Doutorando pelo programa de pós graduação em agronomia
Rivanildo Dallacort, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
Professor do Programa de pós graduação em Ambiente e Sistema de Produção Agrícola area modelagem agrometeorologica
Paulo Sérgio Lourenço de Freitas, Universidade Estadual de Maringá - UEM
Professor do programa de pós graduação em agronomia area de irrigaçao e agroclimatologia
João Danilo Barbieri, Universidade Estadual de Maringá - UEM
Doutorando pelo Programa de pós graduação em agronomia
Roberto Rezende, Universidade Estadual de Maringá - UEM
Professor do programa de pós graduaçao em agronomia area de irrigação
william Fenner, Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT
Doutrorando pelo programa de agricultura tropical
Publicado
2019-09-27
Seção
Artigos