ESTIMATIVA DE EVAPOTRANSPIRAÇÃO E COEFICIENTE DE CULTURA DO TOMATEIRO INDUSTRIAL UTILIZANDO O ALGORITMO SAFER

  • Déborah Lidya Sales Faculdade Metropolitana de Anápolis
  • José Alves Júnior
  • Derblai Casaroli
  • Adão Wagner Pego Evangelista
  • João Mauricio Fernandes Souza

Resumo

ESTIMATIVA DE EVAPOTRANSPIRAÇÃO E COEFICIENTE DE CULTURA DO TOMATEIRO INDUSTRIAL UTILIZANDO O ALGORITMO SAFER

 

 

DEBORAH LIDYA ALVES SALES¹; JOSÉ ALVES JÚNIOR²; DERBLAI CASAROLI²; ADÃO WAGNER PEGO EVANGELISTA² E JOÃO MAURICIO FERNANDES SOUZA3

 

¹Profª. Mestre da Faculdade Metropolitana de Anápolis FAMA/Av. Fernando Costa, 49 - Vila Jaiara St. Norte, Anápolis - GO, 75064-780, Brasil, email: deborahlidyasales@gmail.com

²,Prof. Doutor do Núcleo de Pesquisas em Clima e Recursos Hídricos do Cerrado – Escola de Agronomia - Universidade Federal de Goiás, Rodovia Goiânia / Nova Veneza, Km 0, Goiânia, Goiás, CEP: 74690-900, Brasil,  email: jose.junior@pq.cnpq.br, derblaicasaroli@yahoo.com.br, awpego@pq.cnpq.br

3Prof. Doutor do Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA/Av. Universitária Km. 3, 5 - Cidade Universitária, Anápolis - GO, 75083-515, Brasil,  email:joaomfsouza@gmail.com

 

 

1 RESUMO

 

Objetivo do estudo foi estimar a evapotranspiração atual (ETa), e os respectivos coeficientes de cultura de dois híbridos de tomateiro industrial pelo modelo de balanço de energia utilizando o algoritmo SAFER, com comparação com tradicional método micrometeorológico utilizando evapotranspiração de referência (ETo), com os Kcs recomendados pela FAO 56 e EMBRAPA. O estudo foi realizado na Fazenda cabeceira do Piracanjuba, no município de Silvânia-GO, no período de maio a agosto de 2015. Além disso, foi monitorado o potencial de água na folha e o conteúdo de água no solo pelo balanço hídrico dinâmico local. Os valores de Kcs estimados pelo método do SAFER apresentou significante correlação com os métodos FAO 56 e Embrapa (FAO 56, R² = 0,98; Embrapa, R² = 0,95). A ETc estimada pelo método do SAFER apresentou significante correlação com os métodos micrometeorológicos (FAO 56, R2 = 0,97; Embrapa, R2 = 0,97), podendo este ser utilizado para estimativa da ETa na região.

 

Palavra-chaves: necessidade hídrica, imagens de satélite, balanço de energia, irrigação

 

 

SALES, D. L. A.; ALVES JÚNIOR, J.; DERBLAI, C.; SOUZA, J. M. F. EVAPOTRANSPIRATION ESTIMATE AND CROP COEFFICIENT OF INDUSTRIAL TOMATOES USING THE SAFER ALGORITHM

 

 

2 ABSTRACT

 

The objective of this study was to estimate the current evapotranspiration and the respective cultivation coefficients of two industrial tomato hybrids by the energy balance model using the SAFER algorithm, using a traditional micrometeorological method using ETo (Penman-Monteith) reference evapotranspiration with the Kcs recommended by FAO 56 and EMBRAPA. The study was carried out at the Piracanjuba head farm, in the municipality of Silvânia, GO, from May to August 2015. In addition, the potential of leaf water and soil water content was monitored by the local dynamic water balance. The Kcs estimated by the SAFER method presented a significant correlation with the FAO 56 and Embrapa methods (FAO 56, R² = 0.98, Embrapa, R² = 0.95). The ETc estimated by the SAFER method showed a significant correlation with the micrometeorological methods (FAO 56, R2 = 0.97, Embrapa, R2 = 0.97), which could be used to estimate ETa in the region.

 

Keywords: water requirements; satellite images; energy balance and irrigation.

Biografia do Autor

Déborah Lidya Sales, Faculdade Metropolitana de Anápolis
Graduação em Ciências Ambientais pelo Instituto de Estudos-Sócio Ambientais, na Universidade Federal de Goiás.Graduação em Geografia Licenciatura pela Universidade Estadual Vale do Acaraú. Mestrado em Agronomia na área de concentração em Solo e Água, na Universidade Federal de Goiás. Tem experiência na área de Geociências com ênfase em geotecnologias como Geoprocessamento, Sensoriamento Remoto, Solos, Climatologia e Geologia Geral. Professora Adjunta no curso de Agronomia e Engenharia Ambiental da Faculdade Metropolitana de Anápolis FAMA, nas disciplinas de Geoprocessamento, Georreferenciamento e Geologia.
Publicado
2018-06-18
Seção
Artigos