PAINÉIS DE ARGAMASSA ARMADA REFORÇADOS COM BAMBU (Bambusa vulgaris) VISANDO A UTILIZAÇÃO EM PEQUENAS CONSTRUÇÕES RURAIS

  • Flavio Alves Damasceno Universidade Federal de Lavras http://orcid.org/0000-0002-8284-7496
  • Cleive Leones Neves Universidade Federal de Mato Grosso, campus Rondonópolis
  • Carlos Eduardo Alves Oliveira Universidade Federal de Lavras
  • Francine Damian Da Silva Universidade Federal de Mato Grosso, campus Rondonópolis
  • Lina Marcela Guerra Universidad Nacional da Colombia, Medellin

Resumo

Objetivou-se com o presente trabalho avaliar as características físicas e mecânicas dos bambus (Bambusa vulgaris e Bambusa vulgaris vittata) com diferentes tratamentos térmicos e aplicá-los como reforço à placa de argamassa armada em substituição ao aço. Para isto, amostras de bambu foram selecionadas e retiradas de uma propriedade rural no município de Rondonópolis - MT. Foram realizados dois tratamentos térmicos (banho em água quente e banho quente-frio com óleo de cozinha usado). Testes foram realizados para determinação do índice de deteorização e teor de umidade do bambu com e sem os tratamentos. Posteriormente, com base nos resultados dos ensaios de tração e compressão do bambu, foram confeccionadas placas de argamassa armada com seis diferentes tipos de reforços. Com base nos resultados obtidos, observou-se que os tratamentos térmico e profilático, diminuíram o teor de umidade e a biodegradação do bambu. No que se refere às propriedades mecânicas, no ensaio de compressão simples, não houve melhoria significativa. Observou-se que nos testes de tração paralela às fibras do bambu e flexão das placas de argamassa armada, ocorreram aumentos satisfatórios nas resistências para as amostras utilizadas com os tratamentos.

Biografia do Autor

Flavio Alves Damasceno, Universidade Federal de Lavras
professor do Departamento de Engenharia, Universidade Federal de Lavras (UFLA), Lavras-MG. Brasil.
Publicado
2018-08-14
Seção
Construções Rurais e Ambiência