ANÁLISE DE AGRUPAMENTO APLICADA EM VARIÁVEIS DA OCUPAÇÃO DO SOLO DE BACIAS HIDROGRÁFICAS NO MUNICÍPIO DE BOTUCATU-SP.

Bruna Soares Xavier de Barros, Zacarias Xavier de Barros, Lincoln Gehring Cardoso, Ronaldo Alberto Pollo, Arilson José de Oliveira Junior

Resumo


Neste trabalho aplicaram-se técnicas fotointerpretativas e estatísticas multivariada a variáveis da ocupação do solo, medidas em bacias hidrográficas de terceira ordem de ramificação pertencentes à bacia do rio Tietê no município de Botucatu – SP, com o objetivo de agrupar bacias segundo graus de similaridades, bem como inferir sobre a representatividade da distribuição espacial dos agrupamentos em relação à Carta de solo da Embrapa. Foram utilizadas, imagens aéreas não orbitais e como base cartográfica as cartas do IBGE. Foram estudadas 06 (seis) bacias hidrográficas situadas em duas regiões fisiográficas do município, ou seja, Depressão Periférica e frente da “cuesta”, abrangendo unidades de solos distintas conforme Carta de solos da Embrapa. A ocupação do solo nem sempre reflete a sua fertilidade, podendo estar associada ao poder aquisitivo dos proprietários, localização da propriedade e ou incentivos fiscais para determinadas culturas de maior valor comercial na época do levantamento.

PALAVRAS-CHAVE: Análise multivariada, imagens aéreas, rede de drenagem.

CLUSTER ANALYSIS APPLIED TO VARIABLES OF WATERSHED SOIL OCCUPATION IN BOTUCATU-SP.

ABSTRACT: The present study applied photo and multivariate statistics techniques to the variables of soil occupation measured in third order watersheds belonging to the Tietê River Basin in the municipality of Botucatu – SP. The goal was to grup basins according to their similarity levels, as well as inferring about the representativeness of the groups spatial distribution regarding Embrapa's soil map. Non- orbital aerial images and IBGE maps were used. Six (06) watersheds located in two physiographic regions of the municipality, ie Peripheral Depression and front of "Cuesta", were studied, covering different soil units, according to Embrapa's soil map. Land use does not always reflect its fertility, and may be associated to the purchasing power of the owners, location of property and or to tax incentives for certain higher value commercial crops at the time of the survey.

KEYWORDS: Multivariate analysis, aerial images, drainage system.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17224/EnergAgric.2016v31n1p102-107